quinta-feira, 14 de maio de 2009

Minha presença humana na tua presença sublime, endeusada

Para mi amore...

Doces, picantes, verdadeiras. Tuas caricias me instigam a buscar o sentido, o omisso, o lunar. Minha alma, de crateras abertas pela vida, que mesmo ainda curta, mostra seu rastro reprimido. Esboços de felicidades interrompidas, parecem ter se juntado pra te trazer, louvante, para mim. Intrépido, sangrento. Do sangue da existência, da lamúria aborrecida dos dias de felicidade. Estímulos palpitam fervilhantes impulsores, orgasmicos. Estrelas fulgurantes, mas não como no hino. Tuas caricias. Não são falsas. São heróicas. Elas são você. Minhas gotículas de alegria ou de suor, que escorrem das veias do meu ego. Ele semi-poliglota, de cultura engalfinhada, segue a sina estendida ao seu lado. Recusa-se ao caminho oferecido. Se move, e treme, teme, segue em frente. Verdades, sempre puras, quase nunca reveladas, merecem quase sempre mentiras de pano rasgado. Porque afinal, não se pode dizer que existam.


Me faz. Fazemos o todo do infinito. Loucuras, pendências, não pagamos. Esqueço que o ar vem reprimido. Respiro teu sorriso. Tua pele se aglutina em meu corpo, como partículas fagocitam as moléculas. Recorro a ruídos infindáveis. Te mostro toda dor que não passa. Não quer. Não quero. Te quero. Mais. E mais. E... mais. Vestido com meu rosto espalmado, teu ar me cobre, com os teus cabelos. Me volto as verdade indeclamáveis. Prefiro as caricias. Misturas generalistas, absurdas e possíveis. Inesquecíveis.


É quando te amo mais que as letras dos livros já escritos, no tempo antigo, na glória nova, nos recados do mundo. A areia é mensurável como o meu gostar de certeza. Ela me cai, como que querendo brincar. Já me apoderei. Não há dúvidas. Te amo e ninguém deve, pode ou via contestar. Não se contesta o incontestável, o legitimo, a presença humana, que louca esbarra numa outra presença humana, para findar num principio. O fim não chega pra quilo que está apenas começando. Porque fazemos o sempre a cada dia na imobilidade do lugar móvel, que é o amor.

2 comentários:

dream disse...

Hi,how you goin?It's my great opportunity to enter your wonderful blog,which extremely deserves me to pay a visit.The phenomenon you described leaves me to can't help appreciating your blog design style and content.How abundant it is! Meanwhile there is a mushroom growth of persuing punk rock trend,while the brand mostly expected is ed hardy.Acorrdingly,not only young people experience ed-hardy's booming,they buy ed hardy,but also numerous people indulge in cheap ed hardy.I promise,once you enter my blog,you will enjoy an excellent meal of Ed-hardy.Let us surf in the ed-hardy together.Compared with other gentleman brand,i strongly recommend you to
ed hardy men accessories.How can we imagine ed-hardy vanish overnight!So guy come on !We keep abreast with each other,our blog will be uniquely popular! ed hardy men accessoriesed hardy beltsed hardy capsed hardy jewelryed hardy scarvesed hardy shoesed hardy socksed hardy sunglassesed hardy tiesed hardy wallets/ luggageed hardy watchesed hardy wristbands

Cine FA7 disse...

Mô não saberia jamais como te agradecer por tão exuberantes palavras que acho que nem mereço.
Teu amor é minha única fonte de vida. Sem você nada de mim.
Você é a Deusa que os gregos não revelaram...por medo de padecerem aos seus pés.

Te Amo PRA SEMPRE!!!